O fim de um ciclo

28 03 2009

 

aafdl

Com a vitória da Lista A nas eleições de ontem fecha-se um dos ciclos mais importantes da minha vida: O meu percurso na Associação Académica da Faculdade de Direito de Lisboa.

Tudo começou com uma vontade de fazer algo mais e tornou-se numa paixão pela nossa Associação, pela nossa Faculdade, pela nossa Universidade.

Foi com incredulidade que assisti ao 27 de Março de 2006. Ver uma lista com 5 anos e a estrutura que tinha ser destruída pelos motivos que foi e o que certas pessoas são capazes apenas pelo poder. No entanto, e como já diz o ditado, “depois da tempestade vem a bonança”: Assim surgiu a Lista A. Os primeiros tempos foram difíceis, a oposição era forte e o medo de perder a Associação para pessoas que queriam tudo menos ajudar na sua evolução quase que fazia adivinhar o pior dos cenários. No entanto, um espírito de união, humildade, força de vontade e paixão fez com que ninguém desistisse e a luta acabasse na primeira vitória da Lista A a 19 de Janeiro de 2007.Um novo ciclo começou a a Direcção apossada foi sem dúvida das melhores vistas em muitos anos passados. Ao olhar para o trabalho desenvolvido e para a força que se punha em cada actividade via-se claramente o espírito que levou à vitória.

A 14 de Março de 2008 mais uma vitória, mais uma Direcção, mais uma equipa disposta a dar o seu melhor pelos nossos estudantes. Penso que o conseguimos e que uma vez mais fizemos jus aos valores da Lista A.  O trabalho, as experiências e tudo o que vivemos ao longo deste ano é demasiado forte para descrever aqui. Apenas vos posso dizer que vou ter muitas saudades vossas, do não existir dias sem ir à AAFDL, do abrir o mail, dos telefonema e das mensagens fora de horas, enfim…de tudo o que me faz dizer que foi um prazer e um orgulho trabalhar convosco.

Ontem um novo ciclo começou, nova Direcção, novas caras, novos projectos, novos objectivos. O que lhes tinha a dizer já lhes disse pessoalmente. Apenas vos desejo que as forças nunca sejam insuficientes para o caminho que vos avizinha.

E assim chega ao fim este meu ciclo…

Por todos os momentos passados, pelas muitas horas de trabalho, pelas poucas horas de sono, chego ao dia de hoje e digo com toda a certeza que valeu a pena, que voltaria a fazer tudo da mesma forma, sem medos nem arrependimentos.

Muitos foram os momentos em que a palavra desistir quis atravessar o meu caminho, mas sempre tive na AAFDL e nas pessoas com quem trabalhei ao longo destes anos um ponto de apoio que foi vital em muitos momentos.

Na nossa Associação conheci muitos dos meus melhores amigos e muitas das melhores pessoas com as quais me cruzei nestes anos de Faculdade.

É impossível descrever o que sinto neste momento.Tudo se funde num misto de nostalgia e de orgulho por ter pertencido a este projecto, por tê-lo ajudado a crescer, por não ter ficado parada. É verdade que abdiquei de muito mas voltaria a fazer o mesmo, pois o resultado e o sentimento é demasiado forte para sequer pensar que tudo poderia ter sido de outra maneira.

Ao longo destes anos, cresci e aprendi muito. Tornei-me numa pessoa diferente, mais segura de mim e sem medo de avançar para novos projectos. No entanto, nada disto teria acontecido se no meu percurso não tivesse o apoio das pessoas que tive (elas sabem quem são) e que me fizeram ver qual o melhor caminho a percorrer. A elas um obrigado pela força, pelo apoio e por tudo o que me ensinaram.

Este agradecimento estende-se, como não podia deixar de ser, a todos os que, mesmo por fora do meio associativo sempre acreditaram e mim e respeitaram tudo o que sinto por esta Associação, mesmo que por vezes não percebessem o porquê de tanta dedicação. Obrigado pelo, apoio, pela paciência e acima de tudo, por estarem ao meu lado.

Com o fecho deste ciclo, voltarei a ser a estudante Rita Paias, mas a ligação à AAFDL estará constantemente presente e os momentos nela passados farão com que continue a entrar pela porta da nossa Faculdade com um brilho nos olhos e com o orgulho de um dia ter pertencido à melhor Associação Académica do País – a Associação Académica da Faculdade de Direito de Lisboa, pois embora tenha dado muito de mim, jamais conseguirei retribuir tudo o que ela me deu.

Que este seja o fim de uma etapa mas jamais o fim do caminho que percorreremos juntos…ATÉ AO FIM

 

 

 

 

Anúncios




Há um ano

28 03 2009

dsc01473





Parabéns Lista A

28 03 2009

lista-a1

Agora é tempo de trabalho, esforço e de continuar a dar o melhor com os valores que têm guiado a nossa Lista e nos levam vitória atrás de vitória na defesa dos interesses dos estudantes e na luta por uma melhor academia.

“Qualquer coisa que possas fazer ou sonhar, podes começá-la. A ousadia tem genialidade, poder e magia em si.” ( Johan Wolfgang Von Goethe )

Eu continuo a acreditar…ATÉ AO FIM!!!





Uma experiência de certeza inesquecível

26 03 2009

Quatro pessoas à mesa a jantar, com a janela aberta, a aproveitar o fresquinho da noite primaveril e eis que…

entra uma carteira de Ilvico pela janela.

Sem dúvida uma experiência a recordar :p





Crise Académica – Foto

24 03 2009

dia-do-estudante1-0041





Dia do Estudante

24 03 2009

dia-do-estudante1-001

Assinala-se hoje o dia do estudante.A 14 de Março de 1964, os estudantes reuniram-se num acto contra a ditadura na cantina da Universidade de Lisboa organizando uma greve de fome como sinal de revolta que se tornou um dos muitos símbolos da crise académica.

Muitas associações de estudantes (apoiadas por uma conhecida juventude partidária) assinalaram o dia com lutas contra o Processo de Bolonha e contra o RJIES. Se a situação fosse apenas assim nada haveria a dizer. Mas ao ver os objectivos desta luta e as propostas apresentadas apenas uma pergunta me surge? Onde estavam quando foram tomadas medidas visíveis e concretas contra o RJIES? Onde estavam quando apenas algumas académicas de Lisboa resolveram avançar sózinhas em prole de nada fazerem?

Onde estavam nestes dias?

rjies2007-106

vigilia





Frase do dia

23 03 2009

Two bilhetes para a week toda?

By: Senhora do metro