Évora Convida

25 01 2010
Anúncios




Das coligações e dos interesses municipais

27 11 2009

A coligação CDU/PSD (sim leram bem) em Évora aprovou a proposta que é hoje levada à Assembleia Municipal de isenção de IMI a todos os proprietários do Centro Histórico. À primeira vista esta poderia parecer uma medida positiva que poderia até impulsionar a procura de imóveis naquele sítio. No entanto, se nos preocuparmos em percorrer as ruas do Centro Histórico de Évora, deparamo-nos com um pouco de tudo: desde prédios bem conservados e estimados a prédios degradados e completamente abandonados. E é aqui que surge a pergunta: Qual o verdadeiro interesse desta isenção total? Quais os verdadeiros beneficiados? Serão realmente os proprietários de imóveis no Centro Histórico?

A adopção desta medida apenas revela o carácter populista da coligação supra mencionada. Se realmente o interesse destes senhores fosse incentivar a procura de imóveis para habitação a medida tomada teria sido a apresentada pelo Executivo camarário de isentar de IMI apenas os proprietários preservassem e mantivessem em boas condições  os seus imóveis. Assim sim estaríamos perante um incentivo.

Um dos argumentos apresentados pela coligação é o respeito pelo Princípio da Igualdade. Ora se atentarmos neste princípio, o mesmo prevê tratamento igual do que é igual e tratamento diferente do que é diferente. Desta forma este argumento cai por terra.

O mesmo acontece com o já famoso argumento do interesse dos municipes. Será do interesse destes ter prédios degradados e abandonados na rua onde habitam? Será do interesse destes ver a imagem que estes edifícios deixam da nossa cidade?

Qual o benefício de se incentivar o degredo e o abandono? Qual o benefício de tratar da mesma forma proprietários diligentes e proprietários despreocupados? Será mesmo justa esta isenção? Valerá mesmo a pena pedir este esforço ao executivo camarário?

Será que o populismo e a sede de votos falou mais alto que o verdadeiro interesso dos munícipes?

 

Quid Iuris?





Mais uma vitória em Évora

12 10 2009

PSLogo_JS_2005

É certo que foi renhido mas a vitória foi nossa. Quando digo nossa não quero dizer apenas Partido Socialista. Quero também dizer, Juventude Socialista, José Ernesto Oliveira, Francisco Costa, Natanael Vinha, Nuno Lino, Rita Martin, Rui Praxedes, Sílvia Gomes, Tânia Caldeira e tantos outros que colaboraram para esta vitória.

Agora a luta é outra. Mas cá estaremos uma vez mais para “arregaçar as mangas” e conquistar novas vitórias sempre com os nossos valores e objectivos bem delimitados.

Uma vez mais PARABÉNS A TODOS!





Há alturas em que é difícil estar longe

16 09 2009

todos por evora

Da esquerda para a direita: Nuno Lino, Rita Martins, Francisco Costa e Rui Praxedes

E então no que toca a trabalhar com estes meninos ainda mais.

Sem dúvida que estão de Parabéns pelo trabalho incansável ao longo não só destes últimos dias mas também destes últimos tempos. Não existe acção de campanha em que eles não estejam.

Sempre com boa-disposição e um sorriso na cara mas com a seriedade e competência exigidas pelo trabalho desempenhado.

É por existirem pessoas como vocês que vale a pena continuar.

Não posso dizer que volto depressa mas farei os possíveis por consegui-lo!!





Ícones do Design

29 08 2009

icones_do_design_na_igreja_de_s_vicente_coleccao_paulo_parra_destaqueA

Num aproveitamento de tempo livre, fui até à Igreja de São Vicente ver a exposiçã “Ícones do Design”, uma colecção de Paulo Parra e em exposição no referido local até dia 30 de Setembro.

Se puderem aproveitem para ver esta exposição.

Não querendo revelar muito, podemos encontrar desde alguns objectos que ainda nos recordamos da nossa infância até objectos e utensílios muito anteriores ao início da nossa existência. Vale a pena ver e fazer a comparação entre o passado, o presente e um futuro não muito próximo.

A não perder.





Espaço todos por Évora

6 08 2009

Já está disponível o site da candidatura de José Ernesto d’Oliveira à Câmara Municipal de Évora.

Visitem e comentem. Podem fazê-lo aqui ou na bara ao lado.